quinta-feira, 26 de dezembro de 2013

Trailer da nova versão de Godzilla

Após um teaser que apenas dava uma ideia de como seria o monstro, finalmente liberaram o primeiro trailer oficial, mostrando um pouco mais do filme, do monstro e dos personagens.



O novo remake hollywoodiano ainda não tem uma sinopse detalhada, mas já se sabe que Godzilla duelará com outros monstros por território. Godzilla estreia em 16 de maio de 2014.

Dá uma olhada.





link


Ótimos dias.


terça-feira, 26 de novembro de 2013

Capacete tecnológico

Como todo motociclista me preocupo muito com segurança e dando uma olhada por ai encontrei esse capacete muito funcional e tecnológico.


A empresa californiana Skully Helmets, introduziu em seus capacetes o sistema operacional Android, o qual tem uma infinidade de aplicações. Sem dúvida os capacetes com viseira com telas estilo Google Glass será uma realidade em pouco tempo. Novamente vemos como a realidade supera a ficção científica. Mais uma vez, algo que parecia ficção científica torna-se realidade. Trata-se de um sistema que projeta os dados sobre o visor do capacete. Os dados não incomodam em nada o motociclista pois, eles aparecem nos cantos a 1,5 metros à frente em seu campo de visão. Ele conta com o certificado e segurança da DOT e ECE dos Estados Unidos e da Europa, respectivamente.
O capacete ainda não está à venda, mas já existem diversas empresas aperfeiçoando outros modelos.

Dá uma olhada.




Ótimos dias.

segunda-feira, 28 de outubro de 2013

Jai Ho - Tema de Quem quer ser um milionário

Quem assistiu ao filme Quem quer ser um milionário pode se lembrar da música tema Jai Ho, música bem interessante e encontrei um vídeo muito legal com dois artistas fazendo toda a sonorização desta musica.


Vale a pena dar uma olhada.



Ótima Segunda.

domingo, 27 de outubro de 2013

Morre Lou Reed, lendário músico do Velvet Underground

Morreu hoje neste domingo, 27 de Outubro, aos 71 anos, o extremamente influente compositor e guitarrista Lou Reed, que ajudou a dar forma a quase 50 anos de rock. A causa da morte ainda não foi revelada, mas ele havia passado por um transplante de fígado em maio.


No fim da década de 60, com o Velvet Underground, Reed fundiu a urgência das ruas com elementos da música avant-garde da Europa, casando beleza e barulho, enquanto dava toda uma nova honestidade, em termos de letras, à poesia do rock. Como artista solo criativo, entre as décadas de 70 e 2010, ele estava sempre surpreendendo e desafiando os fãs com seu estilo camaleônico. Glam, punk e rock alternativo são todas coisas impensáveis sem ele.

Para os fãs do bom Rock n Roll ai vai a música Heroin que além de grande Sucesso na época fez parte do filme The Doors durante a cena de Morrisson com Nico Ex vocalista do Velvet.




fonte

Ótima Semana.

terça-feira, 8 de outubro de 2013

Black Sabbath - Planet Caravan


Desde jovem sou muito fã do Black Sabbath e gosto muito dessa musica em especial que retrata uma caravana planetária, as imagens que aparecem no VT apenas embelezam essa obra musical.

Dá uma olhada nas imagens e logo abaixo a letra traduzida:





Caravana Planetária
Nós velejamos,
Por céus infinitos
As estrelas brilham como os olhos
A noite escura suspira.

A lua,
Em sonhos prateados
Se deita em paz,
Ilumina a noite.

Abaixo,
Uma chama púrpura
De uma neblina cor de safira
Em todas as boas maneiras.

Enquanto desce,
Abaixo das árvores
Se banhando através da brisa
A luz prateada das estrelas
Rompe a noite.

E então,
Nós passamos
Pelo berço, a noite.
No grande Deus Marte
Enquanto viajamos
No universo...




Junte se a caravana, abraços....

sábado, 5 de outubro de 2013

Microfonação de Violão

Parte da galera que acompanha o Ponto de Descanso tem interesse ou de alguma forma trabalha com música e afins, assim sendo aqui vai uma vídeo aula que encontrei no cifra club sobre microfonação de violão que achei muito interessante.

Dá uma olhada.



Ótimo Sábado.

quinta-feira, 3 de outubro de 2013

Professor Clóvis De Barros Filho

Assisti duas palestras incríveis do professor Clóvis e há muito tempo não me lembrava dele até ver um vídeo que um amigo postou no Facebook. Assistir a uma aula dele é revigorante.

Dá uma olhada nessa entrevista para o Jô Soares.




Ótimos dias.


terça-feira, 1 de outubro de 2013

Show das Poderosas (Versão Jazzy-Bossa-Acústica)

Grande parte do publico do Ponto de Descanso nunca imaginaria ver um post com a musica Show das poderosas, mas encontrei essa versão meio bossa nova meio Jazz que me agradou muito.


Da uma olhada.



Ótimos dias.

sexta-feira, 20 de setembro de 2013

Ação promocional Star Trek surpreende público

Para comemorar o lançamento do filme de ficção científica Star Trek "Into Darkness" (Além da Escuridão, a empresa britânica Blinkbox criou uma pegadinha de teletransporte dentro de um shopping, no Reino Unido, e convidou o mágico Scott Penrose para realizar alguns de seus truques.


Ao entrar na cabine, os supostos voluntários desapareciam, e alguns instantes depois, reapareciam como se nada tivesse acontecido pelas proximidades do shopping. O resultado foi que a ação promocional acabou gerando uma grande curiosidade entre as pessoas que passavam pelo local.

O objetivo foi reproduzir a tecnologia de teletransporte inspirado no filme, além de proporcionar uma experiência divertida para chamar a atenção das pessoas. Bom, apesar de o truque ser bastante simples com a utilização de três gêmeos para esta ação, parece que a intervenção teve bastante aceitação do público.

Dá uma olhada:



link

Abraços.

Enter Sandman como você nunca ouviu antes

Em clima de Rock in Rio aí vai uma versão de Enter Sandman do Metalica que você nunca deve ter visto.

Dá uma olhada.




Ótimo final de semana.

terça-feira, 17 de setembro de 2013

Bomba de Sementes

As seedbombs são bombinhas de sementes que ajudam a revegetar áreas de difícil acesso.


A primeira utilização registrada deste tipo de técnica foi em 1930, com aviões que transportavam as sementes “bomba” para reflorestar montanhas inacessíveis em Honolu que haviam sofrido incêndios florestais, um dos grandes problemas que comprometem a flora e fauna no Brasil, principalmente no período de seca, onde as queimadas são constantes principalmente na região nordestina do país.

As bombas de sementes são compostas de terra, adubo, argila e sementes de árvores ou plantas que, em contato com solo fértil podem germinar, funciona como um portador para as sementes para que elas possam ser lançados sobre paredes ou cercas e em áreas de difícil acesso, tais como terreno baldio ou ferrovias, pois a maioria das sementes são muito leves e não há risco de serem levadas pelo vento, tornando-as impróprias para o lançamento de longas distâncias.


À medida que crescem, mais as sementes germinam e as bombas de sementes começam a se dissolver. Claro que isso pode levar dias, semanas ou meses, dependendo do clima do ambiente.


Dá uma olhada:




Excelentes dias...

PowerBreather - O snorkel que permite nadar sem tirar a cabeça d’ água para respirar

Desenvolvido para facilitar a vida dos nadadores, principalmente no estilo crawl, o produto é uma espécie de snorkel, que permite respirar livremente, sem tirar a cabeça debaixo da água.

A criação é da companhia alemã Marwin, que garante que uma das grandes dificuldades de nadar tem a ver com a força aplicada pelo pescoço para vir à tona respirar. Assim sendo, com esta máscara colocada, o usuário pode se concentrar apenas na experiência de nadar.

Dá uma olhada:



O produto é feito de um material elástico ajustável aos diferentes tamanhos de cabeça. Mas, muito importante, ele não deixa entrar nem um pingo de água que possa perturbar o nadador. As duas válvulas, localizadas atrás do crânio e junto à boca, são responsáveis por fazer o usuário inalar e expelir o ar fresco.

Brilhante ideia


link

Abraços.

segunda-feira, 16 de setembro de 2013

Navio que "cancela" as ondas do mar

É comum que algumas pessoas sintam enjoo quando embarcam em um cruzeiro. Mas esse é o menor dos problemas que o balanço do mar pode causar.
Imagine a dificuldade que os navios oficina têm para realizar seus trabalhos em plataformas de petróleo, por exemplo.
Há consertos que exigem certo nível de estabilidade para realização do serviço. Algumas vezes tudo precisa ser sincronizado, o que é ainda mais difícil.
Mas o problema acabou com a criação do chamado "navio-hotel", resultado de um consórcio da Hoppe Marine (Alemanha) e da Marintek (Noruega). Ele possui um sistema que simplesmente "cancela" as ondas do mar.


A anulação do impacto das ondas contra a embarcação o faz permanecer completamente estável. Tudo isso graças a alguns tanques que estão na parte inferior e laterais do casco do navio, em formato de "U".
Nestes tanques há uma grande quantidade de água, porém esta água é colocada em movimento contrário a força das ondas.
O movimento da água é controlado por um sistema de válvulas e canos, tudo gerenciado por um sistema informatizado. Este sistema coleta informações através de sensores que monitoram o balanço do navio.


Para manter o navio na mesma posição foram instalados seis propulsores zimutais. Eles possuem controle direcional, o que ajuda muito pois há um contrabalanço automático contra a força das ondas.
Resumindo, é realmente um tranquilo hotel sobre ondas.


link


Abraços.

quinta-feira, 5 de setembro de 2013

O Teatro Mágico - Nosso Pequeno Castelo

Desde que os conheci me tornei fã e aqui vai mais uma deste grupo de artistas que abusa da criatividade e do talento.

Dá uma olhada.




Ótima Quinta.

quarta-feira, 4 de setembro de 2013

Dor e Dor

Conheci Tom Zé em um projeto de uma Rádio experimental no final da década de noventa e o som dele muito me agradou.
Tom Zé, é um compositor, cantor e arranjador brasileiro que ficou conhecido por ter participado ativamente do movimento musical Tropicália nos anos 1960 e se tornado uma voz alternativa influente no cenário musical do Brasil. Sendo assim diversas são as canções de Tom Zé que foram regravadas ou interpretadas por outros artistas, como Dor e Dor, interpretada por Bárbara Eugênia e tendo como guitarrista Edgar Scandurra, além de uma ótima banda.

Dá uma olhada.




E pra quem quiser conhecer o som original




Ótimos dias....


Abraços.

sábado, 31 de agosto de 2013

O Rappa - Anjos "Pra Quem Tem Fé"

Como Sempre o Rappa mandando muito bem.



Pra quem tem fé a vida nunca tem fim.


Abraços.


segunda-feira, 19 de agosto de 2013

quarta-feira, 7 de agosto de 2013

Metropolitan Museum of Art abre acervo para download


Parte do acervo do Metropolitan Museum of Art, de Nova York, está aberto para download gratuito. São 375 livros de arte publicados entre 1964 e 2012 e compreendem todo o período da história da arte.

Trata-se de estudos críticos e biográficos de nomes como Salvador Dalí, Leonardo da Vinci, Van Gogh, Pablo Picasso, Michelangelo, Rembrandt, Rosa Bonheur, Georgia O’Keeffe, John Singer Sargen, Utagawa Hiroshige e Claude Monet.

vale a pena conferir.

site

fonte

segunda-feira, 5 de agosto de 2013

KT Tunstall - Other Side Of The World

Procurando algo para ouvir nesta segunda feira encontrei essa banda interessante.

Dá uma olhada.




Ótima semana.

terça-feira, 30 de julho de 2013

Dazaranha - Retroprojetor

Nos anos 2000 conheci uma banda muito interessante do sul do País, a banda Dazaranha, os caras tem músicas incríveis e ótimas sacadas da realidade do Brasil.

Vale a pena conhecer ou se já conhece rever.



Ótima terça.

terça-feira, 23 de julho de 2013

O Teatro Mágico - Quando a Fé Ruge



Mais uma de qualidade do Teatro Mágico.


Ótimos dias.

sexta-feira, 19 de julho de 2013

A magia nossa de cada dia



Já falei aqui do poder da palavra. Com poucas palavras podemos fazer a pessoa ao lado nos devolver um belo sorriso. E com outras podemos fazer a pessoa ao lado nos mandar para o inferno. Basta escolhermos!
E ainda me falam em destino. Ora, basta você escolher qual palavra dirá a partir de agora. A que o levará para frente, para o bem, para o amor, amizade, compreensão. Ou a que o levará para trás, para o conflito, para o atraso, enfim. Basta escolher!
Uma das piores coisas que um ser humano pode fazer é se acostumar. No livro O Mundo de Sophia - um livro que não se esquece - Jostein Gardner nos mostra que uma das primeiras e mais importantes qualidades de um filósofo é não se acostumar com as coisas. É como mantermos conosco aquele nosso olhar curioso de criança, sempre disposto a querer saber mais. Para quem tudo é novidade. Olhar aquele, que os “adultos” deixam para trás, ensimesmados contra o tédio nosso de cada dia.
No círculo no qual nós (os adultos) nos fechamos, crendo sempre que as coisas poderão ficar piores, envoltos pelas paredes sem vida de nossos lares, com nossa atenção voltada para a televisão, incapazes de observar o lento deslize nas nuvens num céu azul, de fechar os olhos diante do mar e nos perdemos naquele ruído reconfortante das ondas chegando à areia, ou mesmo de nos maravilharmos com a criança descobrindo, passo a passo as maravilhas da vida, enfim, deixamos de perceber o mais fascinante.
Já falei isso aqui sob outro ponto de vista, no qual procurei expressar minha dificuldade em acreditar que tudo isso que há a nossa volta possa ser fruto de um mero acaso, um desequilíbrio fortuíto do Universo, muito bem expressado na mitologia grega através do mito da Caixa de Pandora.
Já disse alguém que a arte informa por encantamento, enquanto a ciência informa por desencantamento. É desse desencantamento que falo. Nos acostumamos de tal forma com o mundo tal qual ele nos mostra, que nos tornamos incapazes de perceber as maravilhas que nos rodeiam.
Quero dizer da magia que há a nossa volta e que não vemos. Da magnitude do mundo, e da sociedade. Da auto-regulação perfeita e equilibrada da natureza, da qual deriva o mesmo mecanismo perfeito chamado economia que faz a sociedade funcionar de forma constante e equilibrada, a despeito desse equilíbrio se fazer através de ondas com seus altos e baixos.
Temos a noção de que antigamente os feiticeiros faziam suas magias com poções e palavras mágicas. Essas coisas permanecem ainda hoje, mas com as explicações científicas, tudo passou para o status de “normal”. Mas veja comigo: Não é uma maravilha lançarmos nossa atenção ao ser do lado através de um elogio e recebermos de volta elogios de igual tom embrulhados em um sorriso? Não é o elogio constituído de uma magia tal em suas palavras que proporciona a quem ouve tão agradável sensação de reconhecimento e estima? E o xingamento, não é maldição tamanha que tem poder para instigar o desentendimento e o infortúnio na vida de quem o escuta?
E se você diz para você mesmo, as seguintes palavras mágicas, diante do desafio: “EU POSSO”. Não haverá certamente mágica força, latente nesta afirmação, que o levará a superar-se no enfrentamento da situação? E a afirmação envolvida em firmeza, dirigida ao nosso semelhante: “VOCÊ É CAPAZ, VOCÊ CONSEGUE, TENTE!”. Não envolverá de tal forma a pessoa, transmitindo ânimo e força para a vitória?
E as poções mágicas de nossos dias? Não é uma dose de vinho mágica poção que nos proporciona agradável sensação de prazer e leveza. A começar pelo sensual formato da taça, passando pelo inebriante aroma da uva, pelo suave sabor, terminando por proporcionar em nosso corpo sensações de relaxamento, prazer e encantamento. Não estou falando aqui dos beberrões, lembre-se de que quem bebe por prazer, bebe pouco. Quem bebe demais está se envenenando e não está agindo muito diferente de quem se suicida.
Há outras “poções mágicas” em nossos dias e cada qual tem o seu “efeito”. O chocolate quente nos proporciona envolvente sensação de satisfação e aconchego, principalmente no inverno. Os sucos de frutas ao contrário, nos proporcionam no verão sensação de frescor, energia e disposição. E em se falando de disposição, o que é melhor para a disposição mental do que aquele cafezinho passado na hora?
Na medida em que precisamos de certos efeitos, e que para alcançá-los, utilizamos de certos princípios causadores, seja uma palavra ou algum item material, estamos praticando algum tipo de “alquimia”. Entretanto hoje em dia quem fala de magia é visto como esotérico e alienado da realidade. Mas a ciência nos proporciona as maiores magias, no entanto destituídas de qualquer sentido mágico.
Mas se pudéssemos mostrar um automóvel moderno a um cidadão medieval, não poderia pensar ele que fosse a carroça dos deuses?

Saudações a Ronaud Pereira um pensador.


Ótimo final de semana.

sábado, 13 de julho de 2013

terça-feira, 9 de julho de 2013

Nirvana - Smells Like Teen Spirit

Um pouco dos anos 90 neste feriado de 9 de Julho.




.

O Poder das Afirmações Positivas - II


Depois de anos de escolha consciente e de repetir as afir mações, consigo hoje acordar todos os dias abençoando e agradecendo a vida maravilhosa que tenho. Durante o dia con tinuo escolhendo ter pensamentos felizes, independentemente do que aconteça. Isso não acontece 100% do tempo, mas já cheguei a 75% ou 80% hoje em dia, o que fez uma enorme diferença em minha vida. De vez em quando eu resvalo e me surpreendo tendo pensamentos negativos. Mas estou de tal forma atenta, que logo retomo minha escolha pelo positivo. O único momento em que vivemos é o momento presente. É o único tempo sobre o qual temos controle. “O ontem é passado, o amanhã é um mistério e o hoje é uma dádiva que chamamos de presente”, repete minha instrutora de ioga em todas as aulas. Se não escolhermos nos sentir bem neste exato momento, como poderemos criar momentos futuros de abundância e prazer?
Fazer afirmações é escolher conscientemente ter certos pensamentos que irão gerar resultados positivos no futuro. No início é mais difícil, e você pode até cen surar-se achando que é um processo ridículo e irreal. Mas vença a resistência e insista. Posso lhe garantir que essas afirmações positivas começarão a mudar seu modo de pensar. Declarações afirmativas vão além da realidade do presente, até a criação do futuro, através das palavras que você usa agora.

É importante fazer as afirmações no tempo presente. Por exemplo, afirmações típicas começariam da seguinte forma: “Eu tenho…”, ou “Eu sou…” Se você disser: “Eu terei…”, ou “Eu serei…”, seu pensamento ficará no futuro. O Universo recebe seus pensamentos e palavras literalmente e lhe dá o que você diz querer. Sempre. Esta é outra razão para manter uma atmosfera mental feliz. É mais fácil fazer afirmações positivas quando estamos nos sentindo bem. Pense desta forma: todo pensamento seu é importante, por tanto não desperdice seus preciosos pensamentos. Todo pensa mento positivo traz benefícios à sua vida. Todo pensamento negativo leva embora as coisas boas e as coloca fora de alcance. Pode ter cer teza: um acúmulo de pensamentos negativos cria uma barreira contra as afirmações positivas. Dizer “não quero mais ser doente” não é fazer uma afirmação que vai favorecer sua saúde. É preciso dizer claramente o que você realmente deseja. “Aceito uma saúde perfeita agora.”

Você ouvirá algumas pessoas exclamarem que “a vida é uma droga!”, o que é uma afirmação terrível. Pode imaginar o tipo de experiências que esta afirmação atrairá para você? Evidente mente, não é a vida que é uma droga, é no seu pensamento que ela é uma droga. Pensar assim fará você se sentir muito mal.

Não perca tempo lamentando suas limitações: relacionamen tos ruins, problemas, doenças, pobreza, etc. Quanto mais falar sobre o problema, mais ele se solidificará. Não culpe os outros pelo que parece estar errado em sua vida - isso é outra perda de tempo. Lembre-se que você segue as leis da sua própria cons­ciência, dos seus pensamentos, e que seu modo de pensar atrai experiências específicas. Quando mudar o processo dos pensamentos, tudo na sua vida mudará também. Você vai se impressionar e se encantar ao constatar como as pessoas, os lugares, as coisas e as circunstân cias podem mudar. A culpa gera apenas afirmações negativas que nos paralisam e não nos transformam. Não desperdice seus valiosos pensamentos com ela. Em vez disso, aprenda a trans formar as afirmações negativas em positivas. Por exemplo:

Não sou grande coisa. SE TRANSFORMA EM Estou num processo de mudança positiva e mereço o melhor.

Quando começar a realmente prestar atenção no que pensa, você vai se horrorizar ao perceber a quantidade de pensamentos negativos. Aos poucos, quando se surpreender tendo um pensamento negativo, você dirá: “Este é um pensamento antigo, escolho não pensar mais desta forma.” Em seguida, substitua o pensamento negativo por um positivo o mais rápido que puder. Lembre-se, você quer se sentir o melhor possível. Pensamentos de amargura, ressentimento, acusação e culpa fazem você se sentir mal e infeliz. E este é um hábito do qual você quer se libertar.

Outro obstáculo ao funcionamento dos pensamentos posi tivos é você sentir que “não é bom o bastante” e por isso achar que não merece ter coisas boas na vida. Se este é o seu caso, então comece pelo capítulo 8 (Auto-estima). Leia ou memorize as afirmações contidas neste livro e repita-as com freqüência. Crie suas próprias afirmações positivas. Fazer isso ajudará a ir mudando o sentimento de desvalorização, que talvez você traga consigo desde cedo, para a sensação de valor pessoal. Depois, observe como suas afirmações positivas vão se materializando.

Algumas afirmações:

Eu posso me sentir bem!

Eu posso fazer mudanças positivas em minha vida!

Eu posso conseguir o que desejo!

Autoria de Louise Hay

Ótimos dias.



domingo, 7 de julho de 2013

O Poder das Afirmações Positivas - I


“O homem é aquilo que pensa.”
James Allen

“Quer você pense que pode ou não pode fazer algo, você está certo.”
Henry Ford

Afirmo com toda a convicção: vocês podem mudar sua vida para melhor, porque trazem dentro de si as ferramentas para isso. Essas ferramentas são seus pensamentos e crenças - o que chamo de afirmações. Uma afirmação é qualquer coisa que você diz ou pensa. Não nos damos conta disso, mas muitas vezes nossos pensamentos são bastante negativos, seja a nosso próprio respeito, seja a respeito dos outros, das experiências que vivemos e do nosso futuro. Expressamos nossos pensamentos em palavras, e se os pensa mentos são negativos, as palavras também o serão. “Sou um total fracasso”, “Meus amigos me desvalorizam”, “Isso é muito difícil, não vou conseguir” são pensamentos que temos e frases que pronunciamos sem perceber o efeito negativo que exercem sobre nós.

Uma afirmação abre a porta; ela é o ponto de partida do cami nho para a mudança. É como se você dissesse ao subconsciente: “Estou assumindo a responsabilidade. Estou consciente de que posso fazer algo para mudar.” Repito: cada pensamento que temos ou cada palavra que pronunciamos é uma afirmação. Todo o seu diálogo interno é um fluxo de afirmações. Você usa afirmações a todo momento, quer esteja consciente ou não. Afirma e cria suas experiências de vida a cada palavra ou pensamento.

As afirmações expressam as crenças a respeito de nós e do mundo, que vão sendo construídas desde a infância. Uma crian ça criada num clima de respeito e amor, que se sentiu acolhida e valorizada, tem uma visão - uma crença - a respeito de si mes ma bem diferente daquela que foi abusada, ignorada, desres peitada. É muito fácil imaginar o que acontece com cada uma dessas crianças. A primeira vai gostar de si mesma, vai acreditar em sua própria capacidade, vai se relacionar amorosamente com os outros e não se deixar desrespeitar. A outra estará sempre na defensiva, esperando hostilidade dos outros, relacionando-se com eles como a pessoa desvalorizada que acredita ser, deixan do-se desrespeitar. Talvez na idade adulta ela diga que deseja encontrar um parceiro que a ame e respeite, mas sua crença mais profunda a impedirá de fazer isso, porque ela não se sente merecedora de um relacionamento de qualidade.

É importante prestarmos atenção nisso. Nossas crenças são capazes de nos fazer felizes, mas também podem estar limitando nossa possibilidade de criar exatamente as coisas que dizemos desejar. O que você quer e aquilo que acredita merecer podem não ser a mesma coisa. É preciso estar atento aos pensamentos e às palavras que os expressam para começar a eliminar aqueles que criam as experiências que você não deseja para sua vida.

Pensar negativamente não é um defeito seu. Simplesmente você nunca aprendeu como pensar e falar. Essa descoberta de que os pensamentos criam as nossas experiências é bastante recente. Seus pais provavelmente não sabiam disso, portanto não podiam lhe ensinar. Eles simplesmente reproduziram o modo como os pais deles os ensinaram a olhar a vida. Ninguém está errado. Mas está na hora de despertarmos e começarmos a criar nossas vidas conscientemente, de um modo que nos satisfaça e fortaleça. Você pode fazer isso. Eu posso fazer isso. Todos nós podemos - precisamos apenas aprender.

Algumas pessoas dizem que “as afirmações não funcionam”, sem perceberem que esta frase já é uma afirmação. Na verdade, o que acontece é que não sabem usar as afirmações correta mente. Podem dizer: “Minha prosperidade está aumentando”, e depois pensar: “Isto é uma bobagem, sei que não vai funcionar.” Qual das duas afirmações você acha que vai prevalecer? A ne gativa, é claro, pois faz parte do modo arraigado com que a pes soa se habituou a olhar a vida. Às vezes as pessoas pronunciam as afirmações uma vez por dia e reclamam o restante do tempo. Levará muito tempo para que as afirmações funcionem se forem feitas dessa maneira. Talvez nunca cheguem a funcionar, pois as afirmações negativas sempre prevalecerão, por serem muito mais freqüentes e feitas com muita emoção.

Pronunciar afirmações é apenas parte do processo. O que você faz no restante do dia e da noite é ainda mais importante. O segredo para que as afirmações funcionem de modo rápido e constante é preparar uma atmosfera propícia ao seu desenvolvi mento. As afirmações são comparáveis a sementes lançadas na terra. Um solo pobre será sinõnimo de pouco desenvolvimento, e um solo fértil, de desenvolvimento abundante. Quanto mais você escolher pensamentos que lhe dão bem-estar, mais rapida mente as afirmações produzirão efeito. Então, tenha pensamentos felizes. Basta isso. E é viável. A escolha do modo de pensar é exatamente isso: uma escolha. Você tem a sensação de que os pensamentos invadem sua mente sem o seu controle. É esta a grande mudança: a partir de hoje… de agora… deste exato momento… você pode escolher mudar o seu modo de pensar. Não pense que é um processo mágico e que sua vida vai mudar de uma hora para outra. Porém, se você per sistir e escolher diariamente ter pensamentos agradáveis, positivos, que lhe dêem satisfação, sem dúvida irá perceber aos poucos mudanças positivas em todas as áreas da sua vida.

Autoria de Louise Hay

Ótima Semana.


.

sexta-feira, 5 de julho de 2013

Sexta-feira ensolarada e um pouco de Castañeda.


"Devagar ele começa a aprender...a princípio, pouco a pouco, e depois em porções grandes. E logo seus pensamentos entram em choque. O que aprende nunca é o que ele imaginava, de modo que começa a ter medo. Aprender nunca é o que se espera. Cada passo da aprendizagem é uma nova tarefa, e o medo que o homem sente começa a crescer impiedosamente, sem ceder. Seu propósito torna-se um campo de batalha".

E assim se depara com o primeiro de seus inimigos naturais: o medo! Um inimigo terrível, traiçoeiro, e difícil de vencer. Permanece oculto em todas as voltas do caminho, rondando à espreita. E se o homem, apavorado com sua presença, foge, seu inimigo terá posto fim à sua busca.

- O que acontece com o homem se ele fugir com medo?

- Nada lhe acontece, a não ser que nunca aprenderá. Nunca se tornará um homem de conhecimento,talvez se torne um tirano, ou um pobre homem apavorado e inofensivo, de qualquer forma, será um homem vencido. Seu primeiro inimigo terá posto um fim aos seus desejos.

- E o que ele pode fazer para vencer o medo?

- A resposta é muito simples. Não deve fugir. Deve desafiar o medo e, a despeito dele, deve dar o passo seguinte, e o seguinte. Deve ter medo, plenamente, e no entanto não deve parar. É esta a regra! E o momento chegará em que seu primeiro inimigo recua. O homem começa a se sentir seguro de si. Seu propósito se torna mais forte. Aprender não é mais uma tarefa aterradora. Quando chega esse momento feliz, o homem pode dizer sem hesitar que derrotou seu primeiro inimigo natural.

- Isso acontece de uma vez, Don Juan, ou aos poucos?

- Acontece aos poucos, e no entanto o medo é vencido de repente e depressa.

- Mas o homem não terá medo outra vez se lhe acontecer alguma coisa nova?

- Não. Uma vez que o homem venceu o medo, fica livre dele o resto da vida, porque em vez do medo, ele adquire a clareza... uma clareza de espírito que apaga o medo. Então o homem já conhece seus desejos; sabe como satisfazê-los. Pode antecipar os novos passos na aprendizagem e uma clareza viva cerca tudo. O homem sente que nada se lhe oculta.

E assim ele encontra seu segundo inimigo natural :A clareza .Essa clareza de espírito, que é tão difícil de obter, elimina o medo, mas também cega. Obriga o homem a nunca duvidar de si. Dá-lhe a segurança que ele pode fazer o que bem entender, pois ele vê tudo claramente. E ele é corajoso, porque é claro; não pára diante de nada, porque é claro. Mas tudo isso é um engano; é como uma coisa incompleta. Se o homem sucumbir a esse poder de faz de conta, terá sucumbido ao seu segundo inimigo e tateará com a aprendizagem. Vai precipitar-se quando devia ser paciente, ou vai ser paciente quando deveria precipitar-se. E tateará com a aprendizagem até acabar incapaz de aprender qualquer coisa a mais.

- O que acontece com um homem que é derrotado assim, Dom Juan? Ele morre por isso?

- Não morre. Seu inimigo acaba de impedi-lo de se tornar um homem de conhecimento; em vez disto, o homem pode se tornar um guerreiro valente, ou um palhaço. No entanto, a clareza, pela qual ele pagou tão caro, nunca mais se transformará de novo em trevas ou medo. Será claro enquanto viver, mas não aprenderá nem desejará nada.

- Mas o que tem de fazer para não ser vencido ?

- Tem de fazer o que fez com o medo: tem de desafiar sua clareza e usá-la só para ver, e esperar com paciência e medir com cuidado antes de dar novos passos; deve pensar acima de tudo, que sua clareza é quase um erro. E virá um momento em que ele compreenderá que sua clareza era apenas um ponto diante de sua vista. E assim ele terá vencido seu segundo inimigo, e estará numa posição em que nada mais poderá prejudicá-lo. Isto não será um engano. Não será um ponto diante de sua vista. Será o verdadeiro poder.

Ele saberá a esta altura que o poder que vem buscando há tanto tempo é seu, por fim. Pode fazer o que quiser com ele. Seu aliado está às suas ordens. Seu desejo é ordem. Vê tudo que está em volta. Mas também encontra seu terceiro inimigo; o poder.

O poder é o mais forte de todos os inimigos. E, naturalmente, a coisa mais fácil é ceder; afinal de contas, o homem é realmente invencível. Ele comanda; começa correndo riscos calculados e termina ditando regras, porque é um senhor. Um homem neste estágio quase nem nota que seu terceiro inimigo se aproxima. E de repente, sem saber, certamente terá perdido a batalha. Seu inimigo o terá transformado num homem cruel e caprichoso.

- E ele perderá o poder?

- Não ele nunca perderá sua clareza nem seu poder.

- Então o que o distinguirá de um homem de conhecimento?

- Um homem que é derrotado pelo poder, morre sem realmente saber manejá-lo. O poder é apenas uma carga em seu destino. Um homem desse não tem domínio sobre si, e não sabe quando ou como utilizar se poder.

- A derrota por algum desse inimigos é uma derrota final?

- Claro que é final. Uma vez que esses inimigos dominem o homem não há nada que ele possa fazer.

- Será possível que o homem derrotado pelo poder veja seu erro e se emende?

- Não. Uma vez que o homem cede está liquidado.

- Mas e se ele estiver temporariamente cego pelo poder, e depois o recusar?

- Isto significa que a batalha continua. Isto significa que ele ainda está tentando ser um homem de conhecimento. O indivíduo é derrotado quando não tenta mais e se abandona.

- Mas então, Dom Juan, é possível a um homem se entregar ao medo durante anos, mas no fim vencê-lo.

- Não, isso não é verdade, se ele ceder ao medo, nunca o vencerá, porque se desviará do conhecimento e nunca mais tentará. Mas se procurar aprender durante anos no meio de seu medo, acabará dominando-o, porque nunca se entregou realmente a ele.

- E como um homem poderá vencer seu terceiro inimigo, Don Juan ?

- Também tem de desafiá-lo, propositadamente. Tem de vir a compreender que o poder que parece ter adquirido na verdade nunca é seu. Deve controlar-se em todas as ocasiões, tratando com cuidado e lealdade tudo o que aprendeu. Se conseguir ver que a clareza e o poder, sem controle, são piores do que os erros, ele chegará a um ponto em que tudo estará controlado. Então saberá quando e como usar seu poder. E assim terá derrotado seu terceiro inimigo. O homem estará então, no fim de sua jornada do saber, e quase sem perceber encontrará seu último inimigo; a velhice! Este inimigo é o mais cruel de todos, o único que ele não conseguirá derrotá-lo completamente, mas apenas afastar. É o momento em que o homem não tem mais receios, não tem mais impaciência de clareza de espírito... um momento em que todo o seu poder está controlado, mas também o momento em que ele sente um desejo irresistível de descansar, se ele ceder completamente a seu desejo de se deitar e esquecer, se ele afundar na fadiga, terá perdido a última batalha, e seu inimigo o reduzirá a uma criatura velha e débil, seu desejo de se retirar dominará toda sua clareza, seu poder e sabedoria. Mas o homem sacode sua fadiga e vive seu destino completamente, então poderá ser chamado de um homem de conhecimento, nem que seja no breve momento em que ele consegue lutar contra seu último inimigo invencível. Esse momento de clareza, poder e conhecimento é o suficiente."
Juan Matus por Carlos Castañeda


Ótimo final de semana.

terça-feira, 2 de julho de 2013

Da dificuldade a oportunidade


Não havia no povoado pior ofício do que 'porteiro do prostíbulo'.
Mas que outra coisa poderia fazer aquele homem?
O fato é que nunca tinha aprendido a ler nem escrever, não tinha nenhuma outra atividade ou ofício.
Um dia, entrou como gerente do puteiro um jovem cheio de ideias, criativo e empreendedor, que decidiu modernizar o estabelecimento.
Fez mudanças e chamou os funcionários para as novas instruções.
Ao porteiro disse:
- A partir de hoje, o senhor, além de ficar na portaria, vai preparar um relatório semanal onde registrará a quantidade de pessoas que entram e seus comentários e reclamações sobre os serviços.
- Eu adoraria fazer isso, senhor. - Balbuciou - Mas eu não sei ler nem escrever!
- Ah! Quanto eu sinto! Mas se é assim, já não poderá seguir trabalhando aqui.
- Mas senhor, não pode me despedir, eu trabalhei nisto a minha vida inteira, não sei fazer outra coisa. - Olhe, eu compreendo, mas não posso fazer nada pelo senhor. Vamos dar-lhe uma boa indenização e espero que encontre algo que fazer. Eu sinto muito e que tenha sorte.
Sem mais nem menos, deu meia volta e foi embora. O porteiro sentiu como se o mundo desmoronasse. Que fazer?
Lembrou que no prostíbulo, quando quebrava alguma cadeira ou mesa, ele a arrumava, com cuidado e carinho.
Pensou que esta poderia ser uma boa ocupação até conseguir um emprego.
Mas só contava com alguns pregos enferrujados e um alicate mal conservado.
Usaria o dinheiro da indenização para comprar uma caixa de ferramentas completa.
Como o povoado não tinha casa de ferragens, deveria viajar dois dias em uma mula para ir ao povoado mais próximo para realizar a compra.
E assim o fez.
No seu regresso, um vizinho bateu à sua porta:
- Venho perguntar se você tem um martelo para me emprestar.
- Sim, acabo de comprá-lo, mas eu preciso dele para trabalhar ... já que..
- Bom, mas eu o devolverei amanhã bem cedo.
- Se é assim, está bom.
Na manhã seguinte, como havia prometido, o vizinho bateu à porta e disse:
- Olha, eu ainda preciso do martelo. Porque você não o vende para mim?
- Não, eu preciso dele para trabalhar e além do mais, a casa de ferragens mais próxima está a dois dias de viagem sobre a mula.
- Façamos um trato - disse o vizinho.
Eu pagarei os dias de ida e volta mais o preço do martelo, já que você está sem trabalho no momento. Que lhe parece?
Realmente, isto lhe daria trabalho por mais dois dias.... aceitou.
Voltou a montar na sua mula e viajou.
No seu regresso, outro vizinho o esperava na porta de sua casa.
- Olá, vizinho. Você vendeu um martelo a nosso amigo.
Eu necessito de algumas ferramentas, estou disposto a pagar-lhe seus dias de viagem, mais um pequeno lucro para que você as compre para mim, pois não disponho de tempo para viajar para fazer compras.
Que lhe parece?
O ex-porteiro abriu sua caixa de ferramentas e seu vizinho escolheu um alicate, uma chave de fenda, um martelo e uma talhadeira. Pagou e foi embora. E nosso amigo guardou as palavras que escutara: 'não disponho de tempo para viajar para fazer compras'.
Se isto fosse certo, muita gente poderia necessitar que ele viajasse para trazer as ferramentas.
Na viagem seguinte, arriscou um pouco mais de dinheiro trazendo mais ferramentas do que as que havia vendido.
De fato, poderia economizar algum tempo em viagens.
A notícia começou a se espalhar pelo povoado e muitos, querendo economizar a viagem, faziam encomendas.
Agora, como vendedor de ferramentas, uma vez por semana viajava e trazia o que precisavam seus clientes.
Com o tempo, alugou um galpão para estocar as ferramentas e alguns meses depois, comprou uma vitrine e um balcão e transformou o galpão na primeira loja de ferragens do povoado.
Todos estavam contentes e compravam dele.
Já não viajava, os fabricantes lhe enviavam seus pedidos.
Ele era um bom cliente.
Com o tempo, as pessoas dos povoados vizinhos preferiam comprar na sua loja de ferragens, a ter de gastar dias em viagens.
Um dia ele lembrou de um amigo seu que era torneiro e ferreiro e pensou que este poderia fabricar as cabeças dos martelos.
E logo, por que não, as chaves de fendas, os alicates, as talhadeiras, etc ...
E após foram os pregos e os parafusos...
Em poucos anos, nosso amigo se transformou, com seu trabalho, em um rico e próspero fabricante de ferramentas.
Um dia decidiu doar uma escola ao povoado.
Nela, além de ler e escrever, as crianças aprenderiam algum ofício.
No dia da inauguração da escola, o prefeito lhe entregou as chaves da cidade, o abraçou e lhe disse: - É com grande orgulho e gratidão que lhe pedimos que nos conceda a honra de colocar a sua assinatura na primeira página do livro de atas desta nova escola.
- A honra seria minha - disse o homem. Seria a coisa que mais me daria prazer, assinar o livro, mas eu não sei ler nem escrever, sou analfabeto.
- O Senhor?!?! - Disse o prefeito sem acreditar.
O senhor construiu um império industrial sem saber ler nem escrever? Estou abismado. Eu pergunto:
- O que teria sido do senhor se soubesse ler e escrever?
- Isso eu posso responder. - Disse o homem com calma.
Se eu soubesse ler e escrever... ainda seria o PORTEIRO DO PUTEIRO!!!


Geralmente as mudanças são vistas como adversidades.



As adversidades podem ser bênçãos.

As crises estão cheias de oportunidades.

Se alguém lhe bloquear a porta, não gaste energia com o confronto, procure as janelas.

Lembre-se da sabedoria da água:

'A água nunca discute com seus obstáculos, mas os contorna'.

Que a sua vida seja cheia de vitórias, não importa se são grandes ou pequenas, o importante é comemorar cada uma delas.

Quando você quiser saber o seu valor, procure pessoas capazes de entender seus medos e fracassos e,

acima de tudo, reconhecer suas virtudes.


Isso realmente é verídico, contado por um grande industrial chamado Tramontina ...


Ótimos dias.

quarta-feira, 26 de junho de 2013

O capim


Estive ausente por um tempo devido ao excesso de trabalho, mas continuo na busca e na luta e esses dias recebi um e-mail muito interessante e decidi compartilhá-lo com vocês.

"No Curso de Medicina, o professor se dirige ao aluno e pergunta:
-Quantos rins nós temos?
-Quatro! - Responde o aluno.
-Quatro? - Replica o professor, arrogante, daqueles que sentem prazer em tripudiar sobre os erros dos alunos.
-Traga um feixe de capim, pois temos um asno na sala. - ordena o professor ao seu auxiliar.
-E para mim um cafezinho! - Replicou o aluno ao auxiliar do mestre..

O professor ficou irado e expulsou o aluno da sala. O aluno era, entretanto, o humorista Aparício Torelly Aporelly (1895-1971), mais conhecido como o 'Barão de Itararé'.

Ao sair da sala, o aluno ainda teve a audácia de corrigir o furioso mestre:
-O senhor me perguntou quantos rins 'nós temos'.. 'Nós' temos quatro: dois meus e dois seus. 'Nós' é uma expressão usada para o plural.

Tenha um bom apetite e delicie-se com o capim."

A vida exige muito mais compreensão do que conhecimento! Às vezes as pessoas, por terem um pouco a mais de conhecimento ou 'acreditarem' que o tem, se acham no direito de subestimar os outros....

Porém somos todos iguais, ou quase...


Muita prosperidade e Ótimos dias.



quinta-feira, 20 de junho de 2013

Muito além do cidadão kane

Este Vídeo foi proibido no Brasil durante muitos anos, pois acompanha o envolvimento e o apoio da Globo à ditadura militar brasileira, sua parceria com o grupo estadunidense Time Warner (naquela época, Time-Life), algumas práticas vistas como manipulação feitas pela emissora de Marinho (incluindo um suposto auxílio dado a uma tentativa de fraude nas eleições de 1982 para impedir a vitória de Leonel Brizola, a cobertura tendenciosa do movimento das Diretas-Já, em 1984, quando a emissora noticiou um importante comício como um evento de comemoração ao aniversário de São Paulo, e a edição, para o Jornal Nacional, do debate do segundo turno das eleições presidenciais brasileiras de 1989, de modo a favorecer o candidato Fernando Collor de Mello frente a Luís Inácio Lula da Silva), além de uma controversa negociação envolvendo ações da NEC Corporation e contratos governamentais à época que José Sarney era presidente da República.
O documentário apresenta depoimentos de destacadas personalidades brasileiras, como o cantor e compositor Chico Buarque de Hollanda, que na época tinha um programa na emissora, os políticos Leonel Brizola e Antônio Carlos Magalhães, o ex-Ministro da Justiça Armando Falcão, o publicitário Washington Olivetto, o escritor Dias Gomes, os jornalistas Walter Clark, Armando Nogueira e Gabriel Priolli e o ex-presidente do Brasil Luís Inácio Lula da Silva.


Excelente oportunidade para conhecer um pouco da história do País.






Ótimos dias.



.

sexta-feira, 14 de junho de 2013

MAX GREGGIO - Easy ( Faith No More ) cover

Por sorte nessa vida tenho vários amigos talentosos e um deles é o Max Greggio, vale a pena dar uma olhada.





Abraços e ótima sexta.

quinta-feira, 13 de junho de 2013

10 lugares mais incríveis do mundo

Encontrei em alguns sites essa seleção de fotos de 10 lugares realmente incríveis que você definitivamente deve visitar antes de morrer.

1. Tunnel of Love, Ucrânia


Créditos de imagem: Oleg Gordienko

Este lindo túnel de trem de árvores chamado de Tunnel of Love está localizado na Kleven, Ucrânia.

2. A tulipa nos Países Baixos


Créditos de imagem: Allard Schager

A paisagem sensacional provoca um efeito visual difícil de repetir em um tempo de vida.

3. Salar de Uyuni: um dos maiores espelhos do mundo, Bolívia


Créditos de imagem: dadi360

Salar de Uyuni (ou Salar de Tunupa) é a maior planície salgada de 10.582 km quadrados (4,086 sq mi) do mundo. Ele está localizado no Departamento de Potosí e Oruro, no sudoeste da Bolívia, perto da crista da Cordilheira dos Andes, e está a uma altitude de 3.656 metros (11.995 pés) acima do nível médio do mar.

4. Hitachi Seaside Park, no Japão


Créditos de imagem: nipomen2 | sename777

Hitachi Seaside Park, localizado em Hitachinaka, Ibaraki, no Japão, ao lado da Praia Ajigaura, é um parque de flores e um destino turístico popular. O parque ocupa uma área de 3,5 hectares e as flores são incríveis durante todo o ano.

5. Cavernas de gelo Mendenhall, Juneau, Alaska


Créditos de imagem: Kent Mearig

O Mendenhall Glacier é uma língua de gelo que se estende 12 milhas a partir do campo de gelo de Juneau Mendenhall Lake. No seu ponto mais largo, a geleira é mais do que uma meia milha de largura, com gelo 300 a 1.800 metros de profundidade. O Mendenhall é um dos 38 grandes e mais de 100 geleiras vale menores no campo de gelo Juneau. O maior Taku, Eagle, e Herbert geleiras também estão próximos.

6. Praia Vermelha, Panjin, China


Créditos de imagem: MJiA

A Praia Vermelha está localizada no delta do rio Liaohe, cerca de 30 quilômetros ao sudoeste de Panjin City na China.

7. Bamboo Forest, Japão


Créditos de imagem: Yuya Horikawa | Tomoaki kabe

Sagano Bamboo Forest é um dos locais naturais mais surpreendentes no Japão.
Um dos fatos mais interessantes sobre Sagano Bamboo Forest é o som que o vento faz quando sopra entre o bambu.

8. Street, em Bonn, Alemanha


9. Mina de Naica, no México


10. Wisteria Flor



Claro que essa é uma seleção de lugares bem interessantes, mas o mundo é repleto de paisagens deslumbrantes, basta saber encontrá-las.



Ótimos dias.


link

.

O Cego e o Publicitário

Havia um cego sentado na calçada em Paris, com um boné a seus pés e um pedaço de madeira que, escrito com giz branco, dizia:
" Por favor, ajude-me, sou cego ".
Um publicitário, que passava em frente a ele, parou e viu umas poucas moedas no boné. Sem pedir licença, pegou o cartaz, virou-o, pegou o giz e escreveu outro anúncio. Voltou a colocar o pedaço de madeira aos pés do cego e foi embora.
Pela tarde o publicitário voltou a passar em frente ao cego que pedia esmola.
Agora, o seu boné estava cheio de notas e moedas.
O cego reconheceu as pisadas e lhe perguntou se havia sido ele quem reescreveu seu cartaz, sobretudo querendo saber o que havia escrito ali.
O publicitário respondeu:
"Nada que não esteja de acordo com o seu anúncio, mas com outras palavras".
Sorriu e continuou seu caminho. O cego nunca soube, mas seu novo cartaz dizia:

¨Hoje é primavera em Paris e eu não posso vê-la”.

Mudar a estratégia quando nada nos acontece,

pode trazer novas perspectivas.


Ótimos dias.


.

sexta-feira, 7 de junho de 2013

Red Hot Chili Peppers - Road Trippin




Ótimo Sábado!

$

Prosperidade



Ter um bom emprego, um negócio que vai bem e até ganhar na loteria ou no bingo. Tudo isso é um bom sinal de que sua vida está próspera.

Mas, você sabia que a casa, o local onde passamos mais de 1/3 de nossas vidas, influencia e muito na prosperidade?

A técnica chinesa de harmonização e equilíbrio de ambientes, Feng shui, estuda e procura ativar as áreas e energias de prosperidade que circulam e existem em nossas casa.

Reunimos abaixo uma série de dicas práticas para você deixar sua casa mais próspera:



1)" A PROSPERIDADE BATE À PORTA "
Para que a ela, a prosperidade, entre totalmente em sua vida, alguns cuidados são necessários:

- A casa deve ter uma numeração de fácil identificação, se não a sorte não vai te achar.

- A porta deve abrir com facilidade e totalmente. Nada de portas emperradas ou com móveis atrás que impedem a abertura total.

- Ponha um sino de vento de metal atrás da porta. O sino atrai boas energias.

2)" A ABUNDÂNCIA BANHA SUA CASA ".
Para o Feng Shui, toda a casa deve ter um rio calmo e sereno passando diante da porta. O rio irá trazer, para a casa e seus moradores, saúde, prosperidade e alimentos, levando embora as más energias. Hoje em dia, nem sempre conseguimos ter um rio em nossas portas. Mas, podemos colocar objetos e quadros que lembrem água. Você pode colocar, pelo lado de dentro da casa, próximo a porta de entrada, uma fonte de água ligada, um aquário com peixes, uma gravura ou quadro com um rio, mar e barcos, uma foto de um local que tenha cachoeira ou motivos naúticos. Tudo para atrair prosperidade.

3)" O FOGO DA PROSPERIDADE "
Você sabia que o fogão é considerado o caixa forte ou cofre da casa. Seu elemento é o fogo. É nele que preparamos os alimentos que irão nos dar sustetanção e energia no dia-a-dia. Anote alguns cuidados que você deverá ter com o fogão:

- Sempre limpo e impecável;

- Todas as bocas e o fogão funcionando bem;

- Nada de lixo perto dele, é anti-próspero.

4)" CUIDADO COM ENTULHO E LIXO "
Muitos cuidados para não ficar acumulando e guardando objetos, pápeis, roupas e lembranças que não tem mais utilidade e uso. Estes "entulhos " provocam a energia estagnada, o que atrapalha a prosperidade da casa. Faça uma avaliação e limpeza geral. Abra espaço em sua casa e vida. Não esqueça de colocar o lixo para fora também.

5)" MUITO VERDE NA CASA "
Abuse de plantas. Elas trazem boas energias. Coloque muitas flores amarelas e vermelhas, pois atraem prosperidade e abundância. Arranjo de girassol também é muito usado para atrair riqueza.

6)" MESA DE JANTAR "
A mesa de jantar, da sala ou da cozinha, é o local onde as pessaos se reúnem para as refeições e para conversar. O Feng Shui a considera um local também de prosperidade. Coloque sobre a mesa um belo arranjo de flores ou uma fruteira cheia de frutas. Se houver espaço, coloque na parede um espelho para refletir a mesa de jantar e dobrar a prosperidade.

7)" LADRÃO DA ABUNDÂNCIA "
Muito cuidado com os banheiros, são ladrões de abundância. Mantenha sempre a porta do banheiro fechada e a tampa da privada baixa. Já irá ajudar bastante.

Artigo extraído do site Bem Zen
Escrito por Vera Caballero & Franco Cuizzetti
Consultores e Profº de Feng Shui, Bioenergias, Yoga e Oráculos.


Ótimo final de semana!


.

quinta-feira, 6 de junho de 2013

A escolha é sua.



Você pode curtir ser quem você é, do jeito que você for, ou viver infeliz por não ser quem você gostaria.

Você pode assumir a sua individualidade ou reprimir seus talentos e fantasias, tentando ser o que os outros gostariam que você fosse.

Você pode produzir-se e ir se divertir, brincar, cantar e dançar, ou dizer em tom amargo que já passou da idade ou que essas coisas são fúteis e não ficam bem para pessoas sérias e bem situadas como você.

Você pode olhar com ternura e respeito para si próprio e para as outras pessoas ou com aquele olhar de censura, que poda, pune, fere e mata, sem nenhuma consideração para com os desejos, limites e dificuldades de cada um, inclusive os seus.

Você pode amar e deixar-se amar de maneira incondicional, ou ficar se lamentando pela a falta de gente à sua volta.

Você pode ouvir o seu coração e viver apaixonadamente ou agir de acordo com o figurino da cabeça, tentando analisar e explicar a vida antes de vivê-la.

Você pode deixar como está para ver como é que fica ou com paciência e trabalho conseguir realizar as mudanças necessárias na sua vida e no mundo à sua volta.

Você pode deixar que o medo de perder paralise seus planos ou partir para a ação com o pouco que tem e muita vontade de ganhar.

Você pode amaldiçoar sua sorte ou encarar a situação como uma grande oportunidade de crescimento que a Vida lhe oferece.

Você pode mentir para si mesmo, achando desculpas e culpados para todas as suas insatisfações ou encarar a verdade de que, no fim das contas, sempre você é quem decide o tipo de vida que quer levar.

Você pode escolher o seu destino e, através de ações concretas caminhar firme em direção a ele, com marchas e contramarchas, avanços e retrocessos, ou continuar acreditando que ele já estava escrito nas estrelas e nada mais lhe resta a fazer senão sofrer.

Você pode viver o presente que a Vida lhe dá ou ficar preso a um passado que já acabou - e portanto não há mais nada a fazer -, ou a um futuro que ainda não veio - e que portanto não lhe permite fazer nada .

Você pode ficar numa boa, desfrutando o máximo das coisas que você é e possui ou se acabar de tanta ansiedade e desgosto por não ser ou não possuir tudo o que você gostaria.

Você pode engajar-se no mundo, melhorando a si próprio e, por conseqüência, melhorando tudo que está à sua volta ou esperar que o mundo melhore para que então você possa melhorar.

Você pode celebrar a Vida e a Energia Universal que o criou ou celebrar a morte, aterrorizado com a ideia de pecado e punição.

Você pode continuar escravo da preguiça ou comprometer-se com você mesmo e tomar atitudes necessárias para concretizar o seu Plano de Vida.

Você pode aprender o que ainda não sabe ou fingir que já sabe tudo e não precisa de aprender mais nada.

Você pode ser feliz com a vida como ela é ou passar todo o seu tempo se lamentando pelo que ela não é.

A escolha é sua e o importante é que você sempre tem escolha.

Pondere bastante ao se decidir, pois é você que vai carregar - sozinho e sempre - o peso das escolhas que fizer...


Ótimos dias.



(texto retirado da internet)

terça-feira, 4 de junho de 2013

A missão Individual



Nos Alpes Italianos existia um pequeno vilarejo que se dedicava ao cultivo de uvas para produção de vinho, uma vez por ano, lá ocorria uma festa para comemorar o sucesso da colheita. A tradição exigia que, nesta festa, cada morador do vilarejo trouxesse uma garrafa do seu melhor vinho, para colocar dentro de um grande barril que ficava na praça central.
Entretanto, um dos moradores pensou:
"Porque deverei levar uma garrafa do meu mais puro vinho? Levarei uma cheia de água, pois no meio de tanto vinho o meu não fará falta."
Assim pensou e assim fez. No auge dos acontecimentos, como era de costume, todos se reuniram na praça, cada um com sua caneca, para pegar uma porção daquele vinho, cuja fama se estendia além das fronteiras do país. Contudo, ao abrir a torneira do barril, um silêncio tomou conta da multidão. Daquele barril saiu apenas água. Como isto aconteceu? Acontece que todos pensaram como aquele morador: "A ausência da minha parte não fará falta." Nós somos muitas vezes conduzidos a pensar "Tantas pessoas existem neste mundo que se eu não fizer a minha parte isto não terá importância."

O que aconteceria com o mundo se todos pensassem assim?
Todos temos um missão a cumprir, o melhor é tentar realizá-la da melhor maneira possível... Sempre com honestidade e respeitando o próximo.

ótima Terça.

domingo, 2 de junho de 2013

A mente apaga registros duplicados



O cérebro humano mede o tempo por meio da observação dos movimentos.

Se alguém colocar você dentro de uma sala branca vazia, sem nenhuma mobília, sem portas ou janelas, sem relógio..... você começará a perder a noção do tempo.

Por alguns dias, sua mente detectará a passagem do tempo sentindo as reações internas do seu corpo, incluindo os batimentos cardíacos, ciclos de sono, fome, sede e pressão sanguínea.

Isso acontece porque nossa noção de passagem do tempo deriva do movimento dos objetos, pessoas, sinais naturais e da repetição de eventos cíclicos, como o nascer e o pôr do sol.

Compreendido este ponto, há outra coisa que você tem que considerar:

Nosso cérebro é extremamente otimizado.

Ele evita fazer duas vezes o mesmo trabalho.

Um adulto médio tem entre 40 e 60 mil pensamentos por dia.

Qualquer um de nós ficaria louco se o cérebro tivesse que processar conscientemente tal quantidade.

Por isso, a maior parte destes pensamentos é automatizada e não aparece no índice de eventos do dia e portanto, quando você vive uma experiência pela primeira vez, ele dedica muitos recursos para compreender o que está acontecendo.

É quando você se sente mais vivo.

Conforme a mesma experiência vai se repetindo, ele vai simplesmente colocando suas reações no modo automático e 'apagando' as experiências duplicadas.

Se você entendeu estes dois pontos, já vai compreender porque parece que o tempo acelera, quando ficamos mais velhos e porque os Natais chegam cada vez mais rapidamente.

Quando começamos a dirigir automóveis, tudo parece muito complicado, nossa atenção parece ser requisitada ao máximo.

Então, um dia dirigimos trocando de marcha, olhando os semáforos, lendo os sinais ou até falando ao celular ao mesmo tempo.

Como acontece?
Simples: o cérebro já sabe o que está escrito nas placas (você não lê com os olhos, mas com a imagem anterior, na mente); O cérebro já sabe qual marcha trocar (ele simplesmente pega suas experiências passadas e usa , no lugar de repetir realmente a experiência).

Ou seja, você não vivenciou aquela experiência, pelo menos para a mente. Aqueles críticos segundos de troca de marcha, leitura de placa são apagados de sua noção de passagem do tempo.

Quando você começa a repetir algo exatamente igual, a mente apaga a experiência repetida.

Conforme envelhecemos as coisas começam a se repetir - as mesmas ruas, pessoas, problemas, desafios, programas de televisão, reclamações, -.... enfim... as experiências novas (aquelas que fazem a mente parar e pensar de verdade, fazendo com que seu dia pareça ter sido longo e cheio de novidades), vão diminuindo.

Até que tanta coisa se repete que fica difícil dizer o que tivemos de novidade na semana, no ano ou, para algumas pessoas, na década.

Em outras palavras, o que faz o tempo parecer que acelera é a...

ROTINA

A rotina é essencial para a vida e otimiza muita coisa, mas a maioria das pessoas ama tanto a rotina que, ao longo da vida, seu diário acaba sendo um livro de um só capítulo, repetido todos os anos.

Felizmente há um antídoto para a aceleração do tempo: M & M (Mude e Marque).

Mude, fazendo algo diferente e marque, fazendo um ritual, uma festa ou registros com fotos.

Mude de paisagem, tire férias com a família (sugiro que você tire férias sempre e, preferencialmente, para um lugar quente, um ano, e frio no seguinte) e marque com fotos, cartões postais e cartas.

Tenha filhos (eles destroem a rotina) e sempre faça festas de aniversário para eles, e para você (marcando o evento e diferenciando o dia).

Use e abuse dos rituais para tornar momentos especiais diferentes de momentos usuais.

Faça festas de noivado, casamento, 15 anos, bodas disso ou daquilo, bota-foras, participe do aniversário de formatura de sua turma, visite parentes distantes, entre na universidade com 60 anos, troque a cor do cabelo, deixe a barba, tire a barba, compre enfeites diferentes no Natal, vá a shows, cozinhe uma receita nova, tirada de um livro novo.

Escolha roupas diferentes, não pinte a casa da mesma cor, faça diferente.

Beije diferente sua paixão e viva com ela momentos diferentes.

Vá a mercados diferentes, leia livros diferentes, busque experiências diferentes.

Seja diferente.

Se você tiver dinheiro, especialmente se já estiver aposentado, vá com seu marido, esposa ou amigos para outras cidades ou países, veja outras culturas, visite museus estranhos, deguste pratos esquisitos... em outras palavras... V-I-V-A. !!!

Porque se você viver intensamente as diferenças, o tempo vai parecer mais longo.

E se tiver a sorte de estar casado(a) com alguém disposto(a) a viver e buscar coisas diferentes, seu livro será muito mais longo, muito mais interessante e muito mais
v-i-v-o... do que a maioria dos livros da vida que
existem por aí.

Cerque-se de amigos.

Amigos com gostos diferentes, vindos de lugares diferentes, com religiões diferentes e que gostam de comidas diferentes.

Enfim, acho que você já entendeu o recado, não é?

Boa sorte em suas experiências para expandir seu tempo, com qualidade, emoção, rituais e vida.


E S CR EVA em tAmaNhos diFeRenTes e em CorES di fE rEn tEs !

CRIE, RECORTE, PINTE, RASGUE, MOLHE, DOBRE, PICOTE, INVENTE, REINVENTE...

V I V A !!!!!!!!


Fonte (Artigo do jornal "O Estado de São Paulo)

por Aírton Luiz Mendonça


.Ótima semana.

Abraços.

sexta-feira, 31 de maio de 2013

Tears For Fears - "Everybody Wants To Rule The World"

Um pouco dos anos 80 nesta sexta feira.





Abraços.

DJAVAN Samurai

Música boa de Djavan ao vivo na Argentina.





Ótimos dias!

.

A arte de negociar!



Recebi um e-mail esses dias que achei bem interessante sobre estratégias.

PAI - escolhi uma ótima moça para você casar.
FILHO - Mas, pai, eu prefiro escolher a minha mulher.
PAI - Meu filho, ela é filha do Bill Gates...
FILHO - Bem, neste caso, eu aceito.

Então, o pai negociador vai encontrar o Bill Gates.
PAI - Bill, eu tenho o marido para a sua filha!
BILL GATES - Mas a minha filha é muito jovem para casar!
PAI - Mas este jovem é vice-presidente do Banco Mundial...
BILL GATES - Neste caso, tudo bem.

Finalmente, o pai negociador vai ao Presidente do Banco Mundial.
PAI - Sr. Presidente, eu tenho um jovem recomendado para ser vice-presidente do Banco Mundial.
PRES. BANCO MUNDIAL - Mas eu já tenho muitos vice-presidentes, mais do que o necessário.
PAI - Mas, Sr., este jovem é genro do Bill Gates.
PRES. BANCO MUNDIAL - Neste caso ele pode começar amanhã mesmo!


Moral da história: Você chega onde quiser, basta acertar na estratégia.



Ótimo final de semana!!!!


.

quinta-feira, 30 de maio de 2013

Sob a árvore dos desejos



Um homem estava viajando e, acidentalmente, entrou no paraíso. E no conceito indiano de paraíso existem árvores-dos-desejos. Você simplesmente se senta debaixo delas, deseja qualquer coisa e imediatamente seu desejo é realizado - não há intervalo entre o desejo e sua realização. O homem estava cansado e adormeceu sob uma dessas árvores. Ao despertar, falou:
“Estou com tanta fome, desejaria poder conseguir alguma comida de algum lugar”.
Imediatamente apareceu comida, vinda do nada - uma apetitosa refeição flutuando no ar! Estava tão faminto que nem prestou atenção de onde viera a comida - quando se está com fome, não se é filósofo. Logo começou a comer… estava delicioso.. Depois, a fome tendo desaparecido, olhou à sua volta. Estava quase satisfeito. Novo pensamento surgiu em sua mente:
“Se ao menos pudesse obter algo para beber…”
Como não há proibições no paraíso, imediatamente apareceu-lhe excelente taça de vinho. Sorvendo o vinho relaxadamente à brisa plácida do paraíso, meditou:
“O que está acontecendo? O que está havendo? Estarei sonhando ou espíritos ao redor fazem truque comigo… ?”
Espíritos surgiram. Ferozes, horríveis, nauseantes. O pobre homem começou a tremer. Novo pensamento veio à sua mente:
“Agora serei assassinado, com certeza…”
E ele foi assassinado.

Esta antiga parábola tem profundo significado. a mente do homem é a árvore-dos-desejos - o que ele pensa, mais cedo ou mais tarde se realiza. Às vêzes, o intervalo entre a idealização e a realização é tão grande que ele esquece completamente que, de alguma maneira, “desejou” o ocorrido, não percebendo a ligação. Contudo, se observar detidamente, perceberá que todos os seus pensamentos, com medos e receios, estão a determinar sua vida, resultando no paraíso ou no inferno. Sua alegria, seu tormento. Todos somos “magos”. Todos estamos a fiar e tecer o mundo fantástico onde vivemos… e aqui somos surpreendidos. A aranha é capturada em sua própria teia.
Ninguém tortura o homem senão o próprio homem. Desde que isto seja compreendido, mudanças para melhor têm lugar. O homem pode dar a volta. Pode transformar seu inferno em paraíso. Simplesmente é assim. Só ele mesmo é o responsável.

ótimos dias.

O corvo vs o espantalho

Gosto muito deste tipo de trabalho de animação pois a maioria demonstra muita criatividade e no caso desta animação muito humor.



Ótimo Feriado!


domingo, 26 de maio de 2013

Skap - Zeca Baleiro



Música incrível de Zeca Baleiro com imagens de Miró.



Ótimos dias.

quinta-feira, 23 de maio de 2013

ZéAmais - Caixinha de Surpresas

Sempre que posso ou acho interessante divulgo bandas do interior de São Paulo e encontrei essa banda chamada ZéAmais que faz um som maneiro.

Vale a pena dar uma conferida.




Abraço e ótimos dias.


O Mundo - Ney Matogrosso + Pedro Luis e a Parede

segunda-feira, 20 de maio de 2013

Morre Ray Manzarek, tecladista e fundador do Doors

Morreu nesta segunda-feira dia 20 de maio de 2013 Ray Manzarek, tecladista e membro original do Doors, grupo de rock liderado por Jim Morrison. O anúncio foi feito por meio do Twitter e do Facebook oficiais da banda. Manzarek tinha 74 anos.



O Doors foi formado em 1965, quando Manzarek se encontrou em Venice Beach, em Los Angeles, com o então poeta Jim Morrison. A banda se envolveu em polêmicas e vendeu mais de 100 milhões de discos no mundo inteiro. O sucesso veio por causa de músicas como "Break on through", "The end", "Hello, I love you" e "Light my fire".



Uma pequena homenagem do Pontodedescanso a essa grande banda.




Ótimos dias.


Abraços.

Universidade de Stanford oferece cursos online de graça

Com o avanço da tecnologia, o acesso aos conteúdos educacionais disponíveis na Internet tem se tornado cada vez mais difundido. Cada vez mais nos permitindo aprender qualquer matéria de nosso interesse, assumindo os próprios compromissos e responsabilidades na auto-aprendizagem.



Diante deste avanço, a Universidade de Stanford apresentou a plataforma NovoEd, um site de colaboração e aprendizagem que dispõe de sete cursos online voltado ao público em geral e dez cursos privados para os estudantes próprios de Stanford.

Para combater o isolamento das aulas online e melhorar o aprendizado, os cursos têm como premissa estimular a interatividade entre os participantes, algumas ferramentas como o Google Hangout, Twitter e Facebook são meios usados para colocar os alunos de diferentes partes do mundo em contato e, muitas vezes, formar grupos para fazer as atividades.

Qualquer pessoa pode se inscrever e participar dos cursos. Porém, vale ressaltar que as recomendações da plataforma são: ter acesso à internet com boa conexão, compreensão do inglês, e, principalmente, um tempo disponível entre 1 a 5 horas por semana para se dedicar às aulas e às atividades em grupo. É possível se inscrever com um grupo próprio para os trabalhos ou optar por deixar que o site te inclua em algum grupo escolhido automaticamente.

O endereço do site é: novoed.com


via deulink


sexta-feira, 10 de maio de 2013

Curumin - Samba Japa / Compacto

Musicas bem interessantes da banda Curumin, vale a pena ouvir.




Excelente final de semana.


Abraços.

terça-feira, 23 de abril de 2013

Nossa história em um minuto

As vezes vale a pena rever o que vivemos para saber onde podemos chegar.




Ótimos dias.

domingo, 21 de abril de 2013

Parrot Flower Power - sensor inteligente para plantas

Quem me conhece ou acompanha o Ponto de descanso sabe o quanto sou ligado ao meio ambiente e as causas naturais e sendo assim entendo a importância de se acompanhar de perto toda a evolução das plantas ou flores, suprindo a falta de vitaminas e mantendo sempre a umidade adequada para que cresçam e desenvolvam com qualidade embelezando ainda mais o jardim.
E sempre que posso pesquiso equipamentos que venham me facilitar essa função e aprimorar a qualidade do meu jardim e encontrei esse item que pode facilitar a vida de muitos fãs de jardinagem.



Trata se do Parrot Flower Power, que é um sensor para plantas que mede quanto de água tem no solo, quanto de luz a planta está recebendo, temperatura, quantidade de fertilizante e manda as informações para o seu celular ou tablet indicando o que você precisa fazer para que a sua planta fique sempre forte e linda!



A previsão é de que comece a ser comercializado agora em 2013 sendo que se você se cadastrar no site do fabricante poderá ser informado de todos os detalhes.




O site da empresa é o parrot.com

A tecnologia em prol ao meio ambiente.



Ótima semana.

.

domingo, 14 de abril de 2013

MYO - Um controle remoto por impulsos elétricos

Acho que quando criança todos nós já tivemos a vontade de ter superpoderes e conseguir controlar as coisas, bem sabemos que os superpoderes não existem mas o homem sempre dá um jeitinho e utilizando a tecnologia fica melhor ainda.
Encontrei por ai essa pulseira chamada MYO que não é nada mais do que um controle remoto baseado nos impulsos elétricos de seus músculos, permitindo assim controlar seu computador, telefone e outros itens tecnológicos digitais.
Com um aceno de mão, MYO irá transformar a forma como você interage com o mundo digital.
Dá uma olhada.




E custa em torno de 150 dólares no site MYO


Ótima semana.

quarta-feira, 10 de abril de 2013

Coleção Dan Brown

Tive a oportunidade de conhecer a coleção de Dan Brown e deixo aqui minha sugestão.


Antes de estourar no mundo inteiro com “O Código Da Vinci”, Dan Brown já demonstrava um talento singular como contador de histórias no seu primeiro livro, Fortaleza digital, lançado em 1998 nos Estados Unidos. Muitos dos ingredientes que, anos depois, fariam com que o autor fosse reconhecido como um novo mestre dos livros de ação e suspense já estavam presentes no seu romance de estréia: a narrativa rápida, a trama repleta de reviravoltas que prendem o leitor da primeira à última página e o fascínio exercido por códigos secretos, criptografia e enigmas misteriosos. Em Fortaleza Digital, Brown mergulha no intrigante universo dos serviços de informação e ambienta sua história na ultra-secreta e multibilionária NSA, a Agência de Segurança Nacional americana, mais poderosa do que a CIA ou qualquer outra organização de inteligência do mundo. Quando o supercomputador da NSA, até então considerado uma arma invencível para decodificar mensagens terroristas transmitidas pela Internet, se depara com um novo código que não pode ser quebrado, a agência recorre à sua mais brilhante criptógrafa, a bela matemática Susan Fletcher. Presa numa teia de segredos e mentiras, sem saber em quem confiar, Susan precisa encontrar a chave do engenhoso código para evitar o maior desastre da história da inteligência americana e para salvar a sua vida e a do homem que ama. A agência de inteligência mais poderosa do mundo. Uma brilhante criptógrafa. Um código indecifrável. Responsável por monitorar as comunicações de todo o planeta e proteger informações do governo dos Estados Unidos, a ultra-secreta NSA, a Agência de Segurança Nacional americana, investiu às escondidas numa arma revolucionária para combater a ação de grupos terroristas na era da informática. Seu trunfo é o supercomputador TRANSLTR, capaz de decifrar em poucos minutos qualquer mensagem encriptada enviada pela Internet. Quando o infalível TRANSLTR é paralisado por um misterioso código, a agência convoca a chefe do Departamento de Criptografia, a matemática Susan Fletcher, para investigar o que está acontecendo. Susan faz uma descoberta aterradora: a NSA se tornou refém do gênio da computação Ensei Tankado. Demitido da agência por discordar da sua política de desrespeito aos direitos civis, o programador exige que a NSA revele a existência do TRANSLTR à população. Caso contrário, ele divulgará na Internet a fórmula de seu código inquebrável, o fortaleza digital. Tankado morre misteriosamente antes de cumprir sua ameaça, dando início a uma corrida desesperada que se desenrola paralelamente nos corredores do submundo do poder, nos arranha-céus de Tóquio e nas ruas de Sevilha. Enquanto Susan usa seu talento como criptógrafa para tentar desvendar o enigma do fortaleza digital, seu namorado, o especialista em idiomas David Becker, percorre as ruas de Sevilha atrás de um anel deixado por Tankado que pode conter a chave do código. Envolvidos numa trama maquiavélica, Susan e David precisam travar uma batalha de vida ou morte para evitar uma tragédia para a segurança nacional americana e impedir que o equilíbrio de forças no mundo mude para sempre.


Antes de decifrar O Código Da Vinci, Robert Langdon, o famoso professor de simbologia de Harvard, vive sua primeira aventura em Anjos e Demônios, quando tenta impedir que uma antiga sociedade secreta destrua a Cidade do Vaticano. Às vésperas do conclave que vai eleger o novo Papa, Langdon é chamado às pressas para analisar um misterioso símbolo marcado a fogo no peito de um físico assassinado em um grande centro de pesquisas na Suíça. Ele descobre indícios de algo inimaginável: a assinatura macabra no corpo da vítima - um ambigrama que pode ser lido tanto de cabeça para cima quanto de cabeça para baixo - é dos Illuminati, uma poderosa fraternidade considerada extinta há quatrocentos anos. Em Anjos e Demônios, Dan Brown demonstra novamente sua extraordinária habilidade de entremear suspense com fascinantes informações sobre ciência, religião e história da arte, despertando a curiosidade dos leitores para os significados ocultos deixados em monumentos e documentos históricos.


Quando um novo satélite da NASA encontra um estranho objeto escondido nas profundezas do Ártico, a agência espacial aproveita o impacto da sua descoberta para contornar uma grave crise financeira e de credibilidade. O peso desta revelação acarreta sérias implicações para a política espacial norte-americana e, sobretudo, para a iminente eleição presidencial. Com o objetivo de verificar a autenticidade da descoberta, a Casa Branca envia a analista de inteligência Rachel Sexton para a desolada geleira Milne. Acompanhada por uma equipe de especialistas, incluindo o carismático pesquisador Michael Tolland, Rachel se depara com indícios de uma fraude científica que ameaça abalar o planeta. Antes que Rachel possa falar com o presidente dos Estados Unidos sobre suas suspeitas, ela e Michael são perseguidos por assassinos profissionais controlados por uma pessoa que é capaz de tudo para encobrir a verdade. Em uma fuga desesperada para salvar suas vidas, a única chance de sobrevivência para Rachel e Michael é desvendar a identidade de quem se esconde por trás de uma conspiração sem precedentes. Com fascinantes informações sobre a NASA, a comunidade de inteligência e os bastidores da política americana, sem falar na polêmica discussão sobre a possibilidade de vida extraterrestre, Ponto de Impacto revela o amadurecimento de Dan Brown como escritor, reunindo todas as qualidades que o transformariam em um fenômeno mundial com seu livro seguinte, O Código Da Vinci. Às vésperas da eleição presidencial norte-americana, uma incrível descoberta da NASA pode mudar todo o cenário político. A agência espacial encontra um enorme meteorito enterrado na geleira Milne, no alto Ártico, contendo fósseis – uma prova irrefutável da existência de vida extraterrestre. O fascinante achado acontece exatamente quando a NASA se tornou uma questão central na disputa pela presidência. O candidato à reeleição, o presidente Zachary Herney, vem perdendo pontos com os ataques de seu oponente, o senador Sedgwick Sexton, à ineficiência e aos gastos excessivos da agência espacial. Para evitar especulações sobre a autenticidade do meteorito, a Casa Branca convoca Rachel Sexton, analista do NRO – o Escritório Nacional de Reconhecimento, importante organização da comunidade de inteligência americana – e filha do adversário do presidente, para verificar os dados levantados pela NASA. Além dela, quatro renomados cientistas são enviados para o Ártico, entre eles o oceanógrafo e apresentador de TV Michael Tolland. Quando começam a levantar suspeitas de fraude, os cientistas passam a ser caçados por uma equipe de assassinos profissionais, controlada à distância por um inimigo poderoso que precisa eliminá-los um a um para resguardar seu segredo. Tentando escapar da morte certa, Rachel e Michael enfrentam os perigos da gelada paisagem do Ártico e inúmeras outras ameaças enquanto tentam descobrir quem se esconde por trás dessa genial armação. Mundialmente reconhecido por seu talento para misturar ciência, história e política em livros de grande sucesso, como O código Da Vinci e Anjos e demônios, Dan Brown elaborou uma trama na qual todas as impressões são enganosas e há surpresas ocultas a cada página. Ponto de impacto é mais um suspense de tirar o fôlego.


"Um novo mestre do suspense inteligente. Uma aventura empolgante e instigante." - People Magazine Um assassinato dentro do Museu do Louvre, em Paris, traz à tona uma sinistra conspiração para revelar um segredo que foi protegido por uma sociedade secreta desde os tempos de Jesus Cristo. A vítima é o respeitado curador do museu, Jacques Saunière, um dos líderes dessa antiga fraternidade, o Priorado de Sião, que já teve como membros Leonardo da Vinci, Victor Hugo e Isaac Newton. Momentos antes de morrer, Saunière deixa uma mensagem cifrada que apenas a criptógrafa Sophie Neveu e Robert Langdon, um simbologista, podem desvendar. Eles viram suspeitos e detetives enquanto tentam decifrar um intrincado quebra-cabeças que pode lhes revelar um segredo milenar que envolve a Igreja Católica. Apenas alguns passos à frente das autoridades e do perigoso assassino, Sophie e Robert vão à procura de pistas ocultas nas obras de Da Vinci e se debruçam sobre alguns dos maiores mistérios da cultura ocidental - da natureza do sorriso da Mona Lisa ao significado do Santo Graal. Mesclando os ingredientes de um envolvente suspense com informações sobre obras de arte, documentos e rituais secretos, Dan Brown consagrou-se como um dos autores mais brilhantes da atualidade. Um código instigante oculto nas obras de Leonardo da Vinci. Uma corrida desesperada através de catedrais e castelos da Europa. Uma verdade espantosa escondida durante séculos e por fim desvendada. Em Paris a trabalho, Robert Langdon, um simbologista de Harvard, recebe um telefonema urgente tarde da noite. O curador do Louvre foi encontrado assassinado dentro do museu com uma misteriosa mensagem cifrada ao lado do corpo. À medida que Langdon e uma talentosa criptógrafa francesa, Sophie Neveu, vão decifrando uma por uma as estranhas charadas que se apresentam, surpreendem-se ao descobrir pistas ocultas nas obras de Da Vinci - visíveis a todos porém engenhosamente disfarçadas pelo pintor. A trama está armada quando Langdon se depara com um dado estarrecedor: o curador morto estava ligado ao Priorado de Sião - uma sociedade secreta verdadeira que já teve como membros Sir Isaac Newton, Botticelli, Victor Hugo e Da Vinci, entre outros. Langdon percebe que estão no encalço de um espantoso segredo histórico que, ao longo dos séculos, se mostrou ao mesmo tempo esclarecedor e perigoso. Em uma corrida frenética através de Paris e Londres, Langdon e Sophie vêem-se medindo forças com um oponente poderoso e desconhecido que parece prever cada um de seus passos. A menos que decifrem o complicado quebra-cabeças, os segredos do Priorado - e uma antiga verdade altamente perturbadora - estarão perdidos para sempre. Rompendo com o padrão das histórias de suspense tradicionais, O Código Da Vinci é ao mesmo tempo dinâmico, inteligente e entremeado de detalhes e pesquisas notáveis. Das primeiras páginas à imprevisível conclusão, o celebrado autor Dan Brown revela-se um mestre do gênero.


A esperada sequência ao fenômeno internacional O Código Da Vinci. Depois de ter sobrevivido a uma explosão no Vaticano e a uma caçada humana em Paris, Robert Langdon está de volta com seus profundos conhecimentos de simbologia e sua brilhante habilidade para solucionar problemas. Em O Símbolo Perdido, o célebre professor de Harvard é convidado às pressas por seu amigo e mentor Peter Solomon – eminente maçom e filantropo – a dar uma palestra no Capitólio dos Estados Unidos. Ao chegar lá, descobre que caiu numa armadilha. Não há palestra nenhuma, Solomon está desaparecido e, ao que tudo indica, correndo grande perigo. Mal’akh, o sequestrador, acredita que os fundadores de Washington, a maioria deles mestres maçons, esconderam na cidade um tesouro capaz de dar poderes sobre-humanos a quem o encontrasse. E está convencido de que Langdon é a única pessoa que pode localizá-lo. Vendo que essa é sua única chance de salvar Solomon, o simbologista se lança numa corrida alucinada pelos principais pontos da capital americana: o Capitólio, a Biblioteca do Congresso, a Catedral Nacional e o Centro de Apoio dos Museus Smithsonian. Neste labirinto de verdades ocultas, códigos maçônicos e símbolos escondidos, Langdon conta com a ajuda de Katherine, irmã de Peter e renomada cientista que investiga o poder que a mente humana tem de influenciar o mundo físico. O tempo está contra eles. E muitas outras pessoas parecem envolvidas nesta trama que ameaça a segurança nacional, entre elas Inoue Sato, autoridade máxima do Escritório de Segurança da CIA, e Warren Bellamy, responsável pela administração do Capitólio. Como Langdon já aprendeu em suas outras aventuras, quando se trata de segredos e poder, nunca se pode dizer ao certo de que lado cada um está. Nas mãos de Dan Brown, Washington se revela tão fascinante quanto o Vaticano ou Paris. Em O Símbolo Perdido, ele desperta o interesse dos leitores por temas tão variados como ciência noética, teoria das supercordas e grandes obras de arte, os desafiando a abrir a mente para novos conhecimentos.


Já o título Inferno (Título original em inglês: Inferno) é o sexto livro de ficção do escritor dos Estados Unidos Dan Brown e o quarto a ser protagonizado pelo simbologista Robert Langdon. Segundo divulgado, o livro será lançado em 14 de maio de 2013 pela Doubleday

Vale a pena dar uma lida!!!


ótimos dias.